Gestão de TI: como ter uma equipe inovadora

A inovação pode ser um grande diferencial em diversos setores, porém, na gestão de TI, ela é uma obrigação. Nenhuma empresa, ao contratar ou montar uma equipe de TI, espera uma abordagem tradicional. Pelo contrário, ela deseja uma revolução no funcionamento de uma empresa.

Por isso, simplesmente transpor todas as funções físicas para o ambiente digital é totalmente ineficaz. É preciso solucionar alguns problemas que o cliente nem imagina solucionar. A TI deve ajudar a empresa a crescer continuamente, sempre com um olho nas inovações tecnológicas e o outro nas tendências do mercado.

A TI não é mais uma equipe meramente técnica e passiva, o tal “pessoal da informática”. Ela atua continuamente verificando para quais caminhos tecnológicos a empresa deve seguir para otimizar seus processos e vencer os concorrentes.

Confira nossas dicas para uma equipe de TI sempre inovadora:

Evite rotinas e processos fixos e estressantes para sua equipe de TI

Rotinas em TI

É praticamente impossível inovar seguindo regras muito fixas. A criatividade, infelizmente, não é gerada em meio a processos fechados, horários delimitados e controle constante. Pelo contrário, ela surge em ambientes mais livres.

Isso tem uma explicação biológica: rotinas fixas aumentam os níveis de cortisol, que é responsável pelo estado de alerta e prontidão. Portanto, ao mesmo tempo em que deixa seus funcionários mais focados e produtivos, esse hormônio tem o efeito colateral de diminuir o número de conexões cerebrais que o cérebro faz por minuto. É essa riqueza de conexões que gera a criatividade e o surgimento de novas ideias.

Invista em processos inovadores de gestão de TI

Inovação em TI

O item anterior pode sugerir que os processos necessariamente inibem a criatividade. No entanto, somente os processos operacionais rígidos são nocivos a ela. Muitos outros, por outro lado, podem ser criados para incentivar a criatividade.

Um exemplo é o Design Thinking. Ele surgiu quando alguns gestores de empresas ficaram curiosos ao perceber que, em algumas empresas de design, mesmo com processos bem estabelecidos e prazos, havia muita originalidade.

Bem, criatividade não é estéril, ela tem de ser nutrida e cultivada. Por isso, ela tem de vir para solucionar um problema real, e não imaginário. Para investir em um processo inovador, alguns passos podem ser seguidos:

1 – Busque as necessidades dos usuários: o que seus usuários realmente necessitam? Por que essa solução ainda não foi encontrada?

2 – Desenvolva um ponto de vista: sabendo a real necessidade do cliente, a partir de quais pontos de vista vocês podem encontrar uma solução? Uma pergunta para o TI poderia ser: trabalharemos pensando em soluções em nuvem ou em servidor próprio?

3 – Crie ideias para soluções: peça para cada indivíduo elaborar propostas. Não é o momento de limitá-los. Quanto mais, melhor! Então, em grupo, em um ambiente colaborativo, eliminando qualquer competição, é hora de refinar as propostas em um brainstorm. Como resultado, o ideal é que vocês saiam com um catálogo de boas ideias que sejam realmente viáveis como solução final;

4 – Teste protótipos, as primeiras tentativas de solução: o ideal é testar sua ideia em uma escala menor antes de qualquer tentativa de ampliá-la;

5 – Avalie: após testar as ideias, é momento de analisar o que funcionou e o que não deu certo. Essa atitude aumenta o senso crítico da sua equipe e alimenta um futuro ciclo positivo de ideias mais concretizáveis.

Promova um recrutamento eficaz

Recrutamento

Para que a inovação surja, é necessário que os membros da equipe de TI sejam inovadores. Afinal, boas ideias surgem de mentes bem nutridas. Nada de novo sairá de uma equipe com perfil muito técnico. Por isso, o ideal é que, durante os processos seletivos, você busque criar etapas que possam acessar a criatividade das pessoas.

Para uma empresa que deseja investir em inovação, talvez, seja mais eficaz contratar um funcionário criativo com pouca experiência e capacitá-lo do que contratar um perfil técnico com muita experiência. Na verdade, se você puder contar com um time amplo, ambos os profissionais são importantes.

Reforce a comunicação

Comunicação em TI

Para ter uma equipe inovadora, a comunicação é essencial. Atualmente, a teoria do conhecimento considera que há três formas de geração de ideias inovadoras:

  • Contato do indivíduo consigo mesmo: é a mobilização de competências de seu colaborador ao refletir e pensar para uma solução única de um problema;
  • Contato do indivíduo com seus pares: durante as conversas entre seus colaboradores, diversos saberes entrarão em choque, o que resultará em ideias novas, que não seriam possíveis se cada um desses atores tivesse agido isoladamente;
  • Contato do indivíduo com o material rico: é uma fonte de enriquecimento do conhecimento individual. O material rico em informação capacita o colaborador a ver novos pontos de vista e novas técnicas.

Um reforço na comunicação é importantíssimo para que o segundo e o terceiro itens emerjam!

Incentive lideranças

Liderança

Provavelmente, você deve estar pensando que já alimenta as lideranças de sua empresa. Mas você está fazendo isso de forma correta? Você utiliza o líder para garantir que as tarefas sejam feitas ou para inspirar a confiança e a motivação de seu funcionário?

Certamente, como na maioria das empresas, você respondeu a primeira opção, vendo no líder a figura de um chefe. No entanto, ele não deve ser visto como um instrumento da empresa para garantir que todas as tarefas sejam feitas, mas como alguém capaz de ver múltiplos lados da questão.

Um líder será capaz de manter a produtividade, mesmo quando a equipe se sente desmotivada. Como? Bem, ele saberá a competência e a sensibilidade de cada membro e poderá dar o incentivo certo nos momentos de desânimo.

A sua equipe deverá, portanto, inspirar confiança. Não há inovação em meio ao medo do novo. É preciso, sim, arriscar para criar soluções únicas. O receio de falhar deve ser abandonado, pois a verdade é que sua equipe irá, sim, cometer alguns equívocos antes de surgir um produto ou um processo diferenciado.

Você, na gestão de TI, deve estar preparado para tolerar alguns percalços. Se, durante o processo de inovação, você chegar com muitas demandas e reclamar demais sem razão, sua equipe, instintivamente, irá buscar soluções tradicionais, que são relativamente mais seguras, pois já foram testadas diversas vezes.

Por isso, quando o valor é inovação, uma mudança na cultura empresarial é necessária: a competitividade e a cobrança devem ser abandonadas e substituídas pela cooperação e pela comunicação.

O que achou de nossas dicas para criar uma equipe inovadora? Conte para nós, comente aqui no post!

1

versao-4


Heitor Dragoi – Growth Marketer