Hobby, você tem um?

Você tem um hobby?

Se não tem comece a amadurecer a idéia de adquirir um!

Torne isso uma preocupação sua, uma tarefa.

Passe a ficar em estado de obsessão em adquirir um hobby

Isso, obsessão: apego exagerado a um sentimento ou a uma ideia.

Causará mudanças na sua vida.

Você certamente irá notar, lá no futuro não tão distante, que quando você passou a ter um hobby isso foi um divisor de águas; um antes e um depois; algo como: “quando eu não tinha um hobby minha vida era assim, quando passei a ter um hobby minha vida ficou assado”.

Compreendeu?

Acredite que o enriquecimento da sua vida virá com um hobby.

Brasil que tem jeito tem cidadãos que fazem isso.

Você sempre estará em movimento com um hobby porque ele te levará a isso.

Junto com hobby virão alegria, paz, felicidade, auto-confiança, auto-conhecimento, foco, concentração, empatia, saúde, jovialidade, novos conhecimentos, novos contatos, novas habilidades, melhoria das habilidades que você já tem, novos hábitos , a lista é imensa! Poderia concluir esse artigo falando apenas dos benefícios que ganhamos com um hobby.

De novo, não fique apenas nesta leitura ou em tantas outras que existem por aí.

Torne isso uma preocupação sua. Esteja em estado de obsessão em adquirir um hobby.

Quando você encontrar um hobby – acredite, isso não vai ser difícil – você vai perceber muito rápido que o encontrou e ninguém vai precisar te avisar…

Você vai pensar assim: “Puxa, o Ernesto tinha razão, até que foi fácil encontrar um hobby”.

Nesta hora você terá que colocar uma outra obsessão em prática: a de cultivar o seu hobby.

É aí que tudo ficará complicado e talvez tedioso, chato; e aí você vai ter que fazer um esforço contínuo para manter seu hobby e você também vai pensar: “Puxa, o Ernesto tinha razão, é difícil cultivar um hobby”.

Tudo vai tentar te impedir: o trabalho, a família, os amigos, as preocupações da vida e até mesmo VOCÊ.

Isso mesmo, você!

Acredite. Em certo momento virá uma auto-sabotagem, esteja em estado de alerta constante, porque ela virá e quando estiver à porta você terá que percebê-la e eliminá-la dos seus pensamentos e atitudes.

Se tiver um “pulo do gato” nesta questão toda, o pulo do gato é este: É preciso cultivar o hobby, do contrário ele irá morrer. Então, é preciso exercer esforço. Esforço!

Eu, com meus 76 anos e muita sola de sapato economizada, tenho meu(s) hobby(s), isso mesmo, mais de um! e posso lhe assegurar que sei muito bem tudo isso que estou tratando aqui.

Poderia recomendar para você sair da sua zona de conforto, mas não vou fazer isso, afinal você já sabe, certo?

A esta altura deste texto você percebeu quantas vezes usei a palavra hobby?

Foram 18 vezes que usei a palavra hobby (com esta agora 19)

Fiz isso para enfatizar, fixar, a repetição é importante!

Coincidentemente é o ano em que estamos, certo?

Nove, se colocarmos a letra i virará Inove

(não pude deixar de evitar o trocadilho)

E agora estamos no segundo semestre do ano 2019! Tem tempo de sobra!

Obrigadíssimo pela leitura!

É, portanto, imperativo que você tenha um hobby (com esta agora 20 – vai deixar para o ano que vem?)

– – – –

Texto publicado originalmente por Ernesto Haberkorn em sua conta pessoal do  LinkedIn

Acompanhe também através dos link abaixo

Twitter: https://twitter.com/ernestohaber