Tudo sobre marketing pessoal. Porque você pode fazer melhor que isso

A imagem que um profissional passa para seus interlocutores é tão ou mais importante do que seu currículo e vai muito além das competências técnicas. No mundo corporativo, algumas habilidades vistas como secundárias são decisivas para o sucesso.

Quando pensamos nos profissionais de TI, precisamos esquecer aquela imagem batida do nerd que conserta tudo e que não precisa lidar com pessoas. Essa figura ficou para trás. Hoje, para conseguir um espaço num mercado cada vez mais competitivo é necessária a construção de uma marca pessoal positiva. É preciso desenvolver seu marketing pessoal.

O marketing pessoal é formado por um conjunto de técnicas que visam destacar habilidades e competências, fazendo com que o profissional seja notado e reconhecido. Essa ferramenta nada tem a ver com vaidade e envolve comportamentos relacionados ao desenvolvimento intelectual (conhecimento e atualização técnica), cuidados visuais (zelo com a aparência) e participação social (contato com outros profissionais).

O artigo de hoje veio para ajudá-lo nessa missão de estabelecer uma boa imagem profissional. Quem não é visto não é lembrando, mas é importante que você seja associado a uma imagem positiva. Leia e descubra como construí-la!

Construa sua marca pessoal

Construa sua marca pessoal

Muito mais do que um símbolo ou um nome, a marca representa a personalidade de uma empresa. Ela transmite seu posicionamento, público alvo, atendimento, produtos e serviços que ela vende e os preços praticados.

Essa ideia vale também para o profissional. Sua marca pessoal vai muito além do seu nome. Por isso, pense em tudo o que você fez e faz na vida, assim como em tudo o que você fala em público ou registra na Internet.

Melhore suas habilidades

Melhore suas habilidades

Mesmo que você já seja bom no que faz, continue investindo em si mesmo e acreditando em seu potencial. Faça novos cursos, viaje, leia livros e invista em novas experiências. Além de estar atualizado com os softwares e novas tecnologias, você precisa também desenvolver suas habilidades interpessoais para ser encarado como um profissional que tem empatia e facilidade de lidar com os outros.

Cuide do seu visual

Cuide do seu visual

O ser humano é visual. Isso faz com que sua imagem seja profundamente ligada a sua aparência e tem a ver não só com as roupas que você usa, mas também com sua gesticulação e com a maneira que você se comporta.

É importante estar sempre bem vestido, com os cabelos arrumados, unhas limpas e outros aspectos. Cultivar uma boa aparência mostra que você tem boa autoestima e causa conforto visual a quem convive com você.

Desenvolva sua comunicação

Desenvolva sua comunicação

Uma das principais características para se desenvolver uma boa comunicação é ser um bom ouvinte. Essa habilidade o fará capaz de captar bem a essência dos desafios que surgem e as melhores alternativas para vencê-los.

No ambiente profissional é importante também que você se comunique com cordialidade e não seja rude. Para os líderes, a sugestão é que se façam elogios na frente da equipe e correções em particular.

Seja pontual

seja-pontual

A gente sabe que nas grandes cidades a pontualidade é uma questão discutível. São muitos compromissos e imprevistos que acontecem e nem sempre é possível cumprir horários. Apesar disso, vale a pena valorizar a pontualidade. Ela gera um diferencial competitivo porque as pessoas passam a saber que dá para contar com quem tem esse cuidado e comprometimento.

Seja cuidadoso nas redes sociais

Seja cuidadoso nas redes sociais

A imagem pessoal pode levar um profissional ao sucesso ou ao fracasso total. Por isso, você deve também se preocupar com o que está além do ambiente profissional e principalmente com o que posta nas redes sociais. Elas possuem muito alcance e podem disseminar informações que nem sempre são favoráveis a você.

É importante ser você mesmo, mas não coloque sua vida num palco. Cuide das fotos que posta e das coisas que escreve. Use filtros de segmentação e deixe que pessoas específicas só tenham acesso a determinados álbuns.

Construa um networking

Construa um networking

Assim como falamos que é preciso ter zelo com sua imagem nas redes sociais, é interessante também usá-las de forma positiva para construir um bom networking. Faça perguntas, converse e interaja com profissionais da área. Siga pessoas e mentores que você admira, mesmo que não os conheça pessoalmente. Não precisa ser puxa-saco e muito menos um impostor. Por outro lado, ofereça suas habilidades e ensine a quem possa interessar.

As sugestões valem também para o mundo offline, onde o olho no olho faz toda a diferença. Troque ideias, aumente seu círculo de amizades e construa seu networking.

Invista no autoconhecimento

invista-no-autoconhecimento

Um bom profissional conhece bem a si mesmo e reconhece suas falhas, pontos fortes e limites. Você precisa ser um deles. Saber administrar e melhorar os aspectos não tão bons e ressaltar os melhores. Além disso, lidar bem consigo mesmo facilita o trabalho com os outros.

Para facilitar essa tarefa, você pode contar com a ajuda de um coaching. Esse profissional provocará uma auto reflexão e o ajudará a criar um plano de ações para melhorar o seu marketing pessoal.

Como vimos nesse artigo, um profissional em busca de destaque em seu mercado precisa desenvolver não somente suas habilidades técnicas, mas investir também no marketing pessoal. Essa ferramenta é essencial para um cenário de alta competitividade e de muitas mudanças. E você? Como está nesse assunto? Mostre nos comentários quais técnicas sugere para dar aquele up na sua imagem pessoal.

versao-4